<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10879025\x26blogName\x3dA+Arte+da+Mem%C3%B3ria\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://artedamemoria.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://artedamemoria.blogspot.com/\x26vt\x3d-8957554093698496963', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, agosto 08, 2006

Assim se ganham umas massas...

Precisamos urgentemente de uma escola menos dogmática e burocrática e de um ensino mais compatível com o cérebro, de forma a incentivar o pensamento criativo e a inteligência dos alunos, em vez de se satisfazer com aprendizagens apressadas e fragmentadas, feitas à custa da capacidade de memorização dos alunos.
Prof. Dr. Nelson Lima

Num "importante" "estudo" iniciado há dois anos e "publicado" agora (na altura certa) com a divulgação de meios de comunicação social tão importantes como a TSF, RR, Público, JN, 24 Horas, O Primeiro de Janeiro, Portugal Diário, Diário Digital, etc., ficamos a saber que "para Nelson Lima, neuropsicólogo e investigador do Instituto da Inteligência, «o insucesso escolar entre o 1º e o 3º ciclos nem sempre está relacionado com a capacidade de aprendizagem dos alunos, mas sim com os métodos de ensino».
Assim, 89% dos alunos, entre os oito e os 14 anos, com dificuldades de aprendizagem dizem-se «completamente perdidos» no que toca a métodos de aprendizagem, pois «ninguém lhes ensina nada».
Por sua vez, os professores (82% de uma amostra de 250) afirmam não «ter tempo» ou não estar preparados para ensinar métodos de estudo aos alunos".

Alguém conhece o Sr. Nelson Lima? Pois...

Mas ide! Ide ver o que é o Instituto da Inteligência! Um novo blog? Não! Um auxiliar perfeito para alunos, pais, professores e ministros!