<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10879025\x26blogName\x3dA+Arte+da+Mem%C3%B3ria\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://artedamemoria.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://artedamemoria.blogspot.com/\x26vt\x3d-8957554093698496963', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, julho 05, 2005

Convido cada cavalheiro que me está a ler a imaginar ... o quê Paulinha ?

O que terá pensado a mãe da Paulinha Moura Pinheiro quando recebeu a violenta notícia de que a menina ía nascer... terá ela, também cidadã e reprodutora, pensado no investimento financeiro?

Viva o chop-suey de pescada

Percebo agora que a minha mãe me obrigasse a comer pescada cozida mesmo quando eu dizia que não queria pescada cozida! É claro que é preciso ter cuidado quando se diz que não se gosta de uma coisa cortada em postas e posta num prato à nossa frente! Caramba, pá, há coisas que não se dizem, pá!

Segundo o DN, o Presidente da República reagiu ontem às palavras de Alberto João Jardim - que disse não querer chineses na Madeira -, afirmando que "em caso algum podemos ter em Portugal algo que possa ser interpretado como racista ou xenófobo". Jorge Sampaio não quis pronunciar-se sobre "a forma usada e o conteúdo efectivo" das palavras do líder madeirense - por não querer "entrar em polémicas com os governantes regionais" -, mas sublinhou ter "visto e ouvido com atenção" as palavras de Jardim. E defendeu que é necessário "ter muito cuidado" para que declarações feitas em público "não possam ser vistas como declarações que tenham a ver com racismo ou xenofobia".

Não tenho nada contra os chineses. Pelo contrário! Toda a cultura dos orientes me fascina mas faço aqui umas perguntas para que alguém, mais informado que eu, responda:

Quantos chineses vivem actualmente em Portugal?
Se vivem, vivem de quê?
Quanto é que pagam de IRS, IRC, IVA, IA, ISU, PUM, XPTO, etc?
Quantos nascem?
Quantos ficam doentes ?
E quantos morrem em Portugal?

Mas o problema não são os Chineses! O problema são os Portugueses, principalmente os burros votantes e os opinativos. Ouvi uma senhora, daquelas "cumentadeiras" da "rádiotélevisão", dizer que não é admissível numa democracia um conselheiro de estado dizer uma coisa que está contra aquilo que pensa – ou diz que pensa – o sr. presidente desta república. Tal afirmação só me leva a concluir que ser conselheiro de estado, nesta democracia, é estar de acordo com o sr. presidente desta república. Implicará esse facto que os conselheiros de estado desta república vão lá apenas para... comer! Naaa... não acredito... eles sabem tantas coisas!

sábado, julho 02, 2005

Eu cá nem gosto do gajo...

... mas o gajo tem razão!